Tempo: quando se quer, se arruma

Tenho percebido que um dos maiores problemas que enfrentamos hoje é a falta de tempo. De um modo geral, todos reclamam que não conseguem fazer tudo que tem que ser feito, que os dias passam rápido demais e isso gera cansaço, estresse, estafa mental…

Quem consegue se organizar e dar conta das tarefas que foram planejadas, tem ao final do dia uma sensação prazerosa de “dever cumprido”, mas o contrário é mesmo frustrante. Não dá para fazer tudo ao mesmo tempo, aliás este é um conceito que vem caindo nos últimos anos. Somos limitados, e querer dar conta de tudo faz com que você não consiga estar por inteiro em nenhuma situação, o que gera retrabalho e impede a criatividade e a agilidade.

O segredo é priorizar. Definir o que é mais importante para cada dia.

Determine o que é urgente, divida seu tempo, organize as atividades de acordo com a sua realidade. Experimente realizar 3 tarefas por dia e vai perceber que em 5 dias, já eliminou 15 itens da sua lista de prioridades. Porém se essa lista for imensa, é necessário reavaliar o que realmente é PRIORIDADE.

Há quem diga que organizar o tempo com planilhas, listas e horários é coisa de pessoas neuróticas. E eu te pergunto: para que ficar estressado pensando em tudo o que tem para fazer? Em vez disso, comece a realizar alguma tarefa da sua lista, mesmo que não consiga fazer perfeito. FEITO É MELHOR QUE PERFEITO. Simplesmente faça o melhor que puder e vai sentir a prazerosa sensação de eliminar da sua lista o que já tiver sido concluído.

É claro que precisamos estar atentos ao que rouba o nosso tempo. Um estudo publicado em janeiro de 2015 pela agência internacional We are Social mostrou que o brasileiro gasta em média 9 horas por dia conectado na Internet. Acredito que esse número tenha aumentado, já que o acesso a computadores e celulares tem crescido consideravelmente.

Vivemos num tempo em que se fala muito da busca do prazer, do descanso, do lazer e do entretenimento. Tudo isso é importante e devemos cultivar momentos para estar com a família, relaxar e se divertir. Mas organizar o tempo é, acima de tudo, não deixar que a ociosidade mascarada por justificativas como “preciso descansar” ou “não encontro tempo para nada” seja seu lema.

Quando as coisas estão organizadas, temos cabeça e tempo para tudo. Comece arrumando seus armários e verá que tudo em volta vai entrando no lugar, inclusive sua vida financeira, o que é assunto para um outro texto!

Encerro com uma frase de Mario Sérgio Cortella, que gosto muito: Quando você diz que não tem tempo para algo, é porque aquilo não é prioridade!

Pensemos nisso!

 

Patrícia Mello | CRP SP 06/75885 Psicóloga Clínica da Odontologia Portal dos Ipês

By | 2018-04-17T13:36:32-03:00 novembro 24th, 2017|Sem categoria|0 Comments

About the Author: